17
05-2018

Nikon tem lucro alto e parece estar no caminho da recuperação

Nikon-official-D850-lens-recommendation-list

O ano fiscal no Japão começa no dia 1 de abril e vai até 31 de março do ano seguinte. Portanto, os resultados financeiros das empresas foram apresentados recentemente. E a boa notícia é que, ao que parece, a Nikon está superando sua grave crise e se recuperando. O relatório da Nikon, apesar apontar de uma pequena queda de 4% na receita, registrou um grande lucro de 776% no período entre março de 2017 e abril de 2018.

Tudo indica que os cortes feitos, incluindo o fechamento de uma fábrica na China e o fim das operações no Brasil, e uma política voltada para melhorar a lucratividade por meio de reestruturação estão dando certo. Ajudou também o lançamento da popular DSLR Nikon D850 em julho de 2017, que teve vendas excelentes.

Com isso, mesmo com a receita tendo caído US$ 29 milhões, os lucros da Nikon saltaram para US$ 318 milhões. Isso representa um aumento de oito vezes em relação aos resultados do ano passado, que mostrou um lucro de apenas US$ 35 milhões. Claro que o resultado reflete a Nikon Corporation como um todo, não só a área de fotografia, mas as notícias da divisão de criação de imagens também foram positivas.

Enquanto as vendas totais da unidade caíram (com o contínuo desaparecimento do segmento de câmeras compactas), a forte demanda pela D850 aumentou as vendas de câmeras de alto valor de forma significativa, levando a um crescimento de 76,2% em relação a 2017. Para os brasileiros fãs da marca, resta torcer por mais resultados positivos e, quem sabe, a Nikon volte a olhar de novo para o mercado nacional.

A vinda da marca oficialmente para o Brasil em 2011 foi muito positiva para o mercado. Mas nos últimos quatro anos a Nikon vinha enfrentando uma crise profunda. Uma luz de flash parece iluminar o escuro túnel em que a empresa se meteu.

0

 likes / 0 Comments
Compartilhe: